Exemplos na ovinocultura

Foi na Expo Brasil 2016, exposição nacional da raça Santa Inês, que ocorreu durante a 54ª Festa do Boi em Parnamirim/RN, que mais um ícone entre o corpo de inspetores técnicos da ARCO recebeu o troféu Mérito Ovelheiro. A homenagem concedida pela ARCO – Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO) àqueles que se destacam na ovinocultura já é uma tradição na Expointer em Esteio (RS).

Contudo, a visita do Presidente da ARCO, Paulo Afonso Schwab, de seu vice, Suetônio Vilar, e do Superintendente do Serviço de Registro Genealógico de Ovinos (SRGO), Edemundo Gressler, à exposição mais importante da raça Santa Inês teve como um dos propósitos homenagear o inspetor mais antigo do nordeste brasileiro, Dr. Pedro Simeão do Nascimento. Este médico veterinário cearense está no quadro de inspetores da ARCO desde 1978 e continua deixando um legado de experiências e conhecimentos na ovinocultura nordestina.

Além de Pedro Simeão, dois dos mais antigos inspetores da ARCO, Dr. Dirceu Vieira de Santa Maria (RS) e Dr. Francisco José Perelló Medeiros de Pelotas (RS), já foram agraciados com o Troféu Mérito Ovelheiro. Entretanto, em 2016 trocaram seus trabalhos como inspetor pelo merecido descanso por tanta dedicação à atividade. Vale lembrar que este experiente trio de senhores, além de inspetores de registro, orientadores e professores de tantos outros técnicos do quadro da ARCO, foram responsáveis pelo desenvolvimento da ovinocultura regional e nacional, atribuindo-se à eles grandes responsabilidades, como, por exemplo, Dr. Perelló que foi Superintendente do Serviço de Registro Genealógico de Ovinos por 20 anos.

Só nos resta agradecer a esse trio pela inestimável contribuição à ovinocultura brasileira. Que sejam, sempre, considerados grandes exemplos entre os técnicos da produção animal.

Artigo escrito pelo zootecnista e diretor técnico da ASPACO, Márcio Gomes de Oliveira.