ASPACO apoia treinamento para mão de obra de ovinos

No próximo dia 18 de agosto, na Cabanha Matão, de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), será realizado o “Treinamento de mão de obra para ovinos”. A capacitação tem o objetivo de criar mão de obra especializada na ovinocultura e é destinada a funcionários de fazendas e cabanhas que já trabalham com ovinos, profissionais de outras áreas da pecuária e criadores.

As inscrições são gratuitas para associados da ASPACO e seus funcionários. Os interessados, mas que não são associados devem pagar uma taxa no valor de R$ 30. O curso será divido em módulos, que serão executados no mesmo dia, almoço e no final os alunos receberão um certificado de participação. As aulas serão ministradas por professores da Unesp e membros do corpo técnico da ASPACO.

“A mão de obra na ovinocultura é um dos principais gargalos da produção de carne de cordeiro no Brasil. A ASPACO tem essa preocupação e procurou os parceiros para que pudéssemos realizar um Dia de Campo específico os funcionários dos nossos associados. Esperamos que esse seja o primeiro de muitos até termos profissionais especializados no trato com os ovinos”, ressalta o presidente da ASPACO, Francisco Manoel Nogueira Fernandes.

O treinamento é uma iniciativa da ASPACO com o apoio do Grupo de Estudo de Caprinos e Ovinos, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp – Campus Botucatu (GECO), da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), da Fazenda Águas da Divisa, da Cabanha Matão. O patrocínio é da Coopermota, DMS Tortuga e Idexx. Mais informações pelo e-mail: secrataria@aspaco.org.br ou pelo telefone (14) 3841-6841.